UbuntuGnome 12.10 – Instalação e Otimizações

Neste post relatarei uma instalação do Ubuntu com a interface GNOME 3 (ou Gnome Shell) e também uma série de configurações, personalizações e afins para melhorar o desempenho do mesmo.

O equipamento que receberá esta instalação será um Notebook Lenovo Thinkpad X201 com a seguinte configuração:

  • Processador Intel Core i7 M620
  • 2 x 2Gb DDR3 1066MHz
  • HD SSD OCZ Vertex4 128Gb

Instalação Básica

A instalação será uma “instalação limpa”, realizada a partir da imagem ISO 64bits contida neste link: https://wiki.ubuntu.com/UbuntuGNOME/ReleaseNotes/12.10. (download direto via torrent). A partir desta versão do Ubuntu ele não mais cabe num CD, portanto você deverá criar um “DVD de boot” ou um “PenDrive de boot” – recomendo o pendrive.
O idioma de instalação será “Português Brasil”. Durante o processo de instalação as opções “Baixar atualizações enquanto instala” e “Instalar esse programa de terceiros” serão selecionadas.
Em seguida serão configuradas as partições do disco. Esta será a única parte mais “manual” da instalação básica do Sistema Operacional. Ou seja, utilizaremos a “opção avançada” – Este passo não é necessário, caso não se sinta à vontade deixe que o próprio ubuntu cuide deste processo de instalação, principalmente se você estive instalando em “dual-boot”.
Seguindo no processo, teremos 3 partições:

  • SWAP (4Gb)
  • / (Sistema Operacional – 30Gb)
  • /home (Partição de dados pessoais – restante do disco)

Após a configuração das partições continue seguindo o passo a passo da instalação até que ela termine e o sistema seja reiniciado.
Assim que o sistema for reiniciado a primeira ação a ser tomada é fazer a atualização do sistema operacional, para garantir que todos os pacotes estão atualizados corretamente.
Para fazer essa verificação via interface gráfica são necessários os seguintes passos:

  1. Pressione a “tecla windows”;
  2. digite “programa” e selecione abra o programa;
  3. Em seguida, na barra superior ao lado esquerda, clique com o botão direito do mouse aonde está escrito “Programa” e selecione “Verificar Atualizações“;
  4. O sistema irá buscar as novas atualizações e baixá-las. Agora basta você clicar no botão “Instalar atualizações” no canto inferior direito da janela de atualizações. Ao final do processo será solicitado a você que reinicialize o sistema operacional.

Neste momento, desde o fim da tela da bios até aparecer a tela que pede a senha do usuário para login no sistema o tempo de boot estava em 10 segundos.

Agora iniciaremos nossas personalizações para melhorar a performance do Sistema Operacional.

Boot

Primeiramente iremos configurar o “grub” (gerenciado de boot) para melhorar a performance:
Abra o console (ou terminal) usando a combinação de teclas ctrl + alt + T

sudo gedit /etc/default/grub

Será solicitada a sua senha de usuário, digite-a e pressione Enter. Esta linha de comando irá abrir o arquivo “grub” da pasta “/etc/default” no editor de texto “gedit”. Atenção, no terminal ao se digitar a senha nenhuma informação sobre a senha é mostrada na tela. Na janela que for aberta procure a opção “GRUB_TIMEOUT=” e altere o valor para 0 (zero):

GRUB_TIMEOUT=0

Salve e feche o arquivo. Agora volte ao terminal e digite o seguinte comando:

sudo update-grub

Este comando irá atualizar o grub com as configurações que alteramos. Após esta alteração o grub não será mostrado, a não ser que você inicie o computador pressionando a tecla SHIFT.

Antes de efetuar novas melhorias de desempenho, vamos instalar alguns programas para facilitar “a vida”. Só lembrando que estas são opções que eu costumo usar em meus computadores, mas não são necessárias.

Na linha de comando digite o seguinte:

sudo apt-get install vim aptitude terminator software-center

Explicando a linha acima: o “apt-get” é o programa padrão do debian (e consequentemente do ubuntu) para gerenciamento de programas, pacotes e instalações. Passamos para ele o parâmetro installe em seguinda o que queremos instalar. Os programas que instalaremos são:

  • vim – editor de texto de linha de comando MUITO poderoso e personalizável.
  • aptitude – tem a mesma função do apt-get, mas sua usabilidade na linha de comando é um pouquinho maior em alguns casos.
  • terminator – Programa para acessar o terminal/console pela interface gráfica, mais poderoso que o padrão do ubuntu (que aparece ao se teclar CTRL+ALT+T).
  • software-center – Programa de interface gráfica com mesmo objetivo que o apt-gete o aptitude que sempre foi usado no ubuntu (mas não vem por padrão nesta versão – o famoso “Central de Programas do Ubuntu”).

Outras opções para melhoria de desempenho

Ref: http://www.upubuntu.com/2012/06/11-tips-to-speed-up-computers-running.html

Os itens do tutorial acima que serão realizados agora são:

  1. Instalação do Preload;
  2. Instalação do ZRam;
  3. Usando TMPFS para reduzir Escrita/Leitura em disco;

Para instalar o preload basta a seguinte linha de comando:

sudo apt-get install preload

Reduzindo escrita no disco conseguimos reduzir a paginação no mesmo, e isso em geral nos leva a uma melhora do desempenho, principalmente para quem tem “discos rígidos”, em contraposição aos SSDs. Para tanto, utilizaremos uma técnica de compactação dos arquivos de swap com o software “zram”. Para tanto, basta a linha de comando abaixo:

sudo apt-get install zram-config

Outra forma de melhorar o desempenho é jogar os diretóriso “/tmp” e “/var/log” para a memória, ao invés de jogá-lo no disco rídigo. Para tanto vamos editar o arquivo “/etc/fstab” com o comando:

sudo gedit /etc/fstab

Neste, adicione o seguinte conteúdo no final do arquivo:

# Modification for SSD
tmpfs      /tmp        tmpfs      defaults,noatime,mode=1777   0    0
tmpfs      /var/log    tmpfs      defaults,noatime             0    0

Atenção, a última linha do código acima irá colocar todos os “logs” do sistema operacional na memória, o que fará com que eles sejam perdidos ao se desligar ou reiniciar o computador. Isso pode vir a causar algumas falhas, ou dificultar encontrar erros do Sistema Operacional. Assim essa linha pode ser ignorada, caso não se sinta seguro-a.

Instalando o Nautilus 3.6

O gerenciador de arquivos padrão utilizado é o Nautilus, mas a versão padrão do ubuntu 12.10 é a 3.4, enquanto no momento a mais atual é a 3.6. Para fazer a atualização utilizaremos os comandos abaixo:

sudo add-apt-repository ppa:gnome3-team/gnome3
sudo aptitude update
sudo aptitude safe-upgrade

Agora iremos configurar os botões “fechar, maximizar e minimizar” do Nautilus. Para tanto, pressione a “tecla windows” e digite dconf , teclando enter em seguida. Na janela que se abrir, procure, do lado esquerdo, ” org > gnome > shell > overrides “. Ao clicar em “overrides” selecione a opção “button-layout” na janela da direita.
O valor padrão é ” :close ” e iremos trocá-lo, usando um duplo clique, por ” close,minimize,maximize: “.

Outros Softwares

Iremos agora instalar outros softwares importantes que não são instalados por padrão mas são muito utilizados:

sudo aptitude install firefox firefox-gnome-support chromium-browser chromium-codecs-ffmpeg chromium-codecs-ffmpeg-extra libreoffice libreoffice-gnome libreoffice-pdfimport gimp gimp-data gimp-data-extras inkscape gimp-ufraw

sudo echo "deb http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian $(lsb_release -sc) contrib" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/virtualbox.list

wget -q http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian/oracle_vbox.asc -O- | sudo apt-key add -

sudo apt-get update

sudo apt-get install virtualbox-4.2

Otimização para SSDs

Seguindo a referência abaixo faremos algumas otimizações relativas ao disco SSD

Ref: https://sites.google.com/site/easylinuxtipsproject/ssd

Outras Referências:

https://sites.google.com/site/easylinuxtipsproject/tips#TOC-Want-more-

https://sites.google.com/site/easylinuxtipsproject/bugs#TOC-Software-Updater-and-Software-Center-malfunction

http://www.webupd8.org/2012/10/how-to-install-nautilus-36-or-patched.html

Não usada:
http://debianhelp.wordpress.com/2012/09/30/to-do-list-after-installing-ubuntu-12-10-aka-quantal-quetzal/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *